30 abril 2010

Ano 2012: Plano das elites para mudar a órbita da Terra?


Eles já estão mudando o clima, querem mudar a órbita, a grande operação do engano pra trazer o anti-cristo esta em curso.
As profecias de fim do mundo são profundamente desagradáveis, mas sempre tem um magnetismo especial. Este artigo aborda sobre o que as elites possivelmente planejam fazer no ano de 2012.
espiral misteriosa no céu na Noruega pode ter sido causado por projeção de milhões de volts de alta freqüência emitido pelo HAARP. A versão norueguesa do HAARP é conhecido como EISCAT, vejam isso: Evidências de tempestades e terremotos provocados pelo sistema HAARP. (pesquise o que é a HAARP)
Milhões de volts de alta freqüência tem o potencial de mudar a órbita da Terra. A órbita da Terra é eletromagnética, portanto, responde ao estímulo eletromagnético. A projeção de um espiral giratória de milhões de volts de alta freqüência, próximo ao Pólo Norte, tem o potencial de alterar a órbita terrestre. Um pequeno estímulo/ajuste seria o suficiente para alterar a órbita terrestre, de modo que essa mudança seria gradativa e cada vez maior ao longo do tempo.
Por exemplo, podemos alterar o  equilibrio de uma roda em rotação, mudando a posição do eixo da roda. É exatamente isso que eles estão fazendo, ao tentar alterar a posição do eixo de rotação da terra.
As misteriosas espirais vistos em várias partes do mundo podem ter sido provocados pelo HAARP, para ajuste órbital terrestre. Esta pode ser a causa do clima anormal em todo o mundo.
A Noruega fica próximo ao Pólo Norte, e a Nova Zelândia ao Pólo Sul, e que talvez uma outra espiral será visto, em torno de Nova Zelândia, como parte deste processo de ajuste orbital.
Esse ajuste orbital provavelmente aumentaria a quantidade de terras utilizáveis no planeta por duas ou mais vezes do que a posição órbital atual.
O deslocamento do Pólo Norte em direção a Noruega, e o Pólo Sul para Nova Zelândia, provocaria alterações climáticas importantes:
Oriente Médio e Norte da África se tornariam planícies verdejantes.
A Sibéria se tornaria temperado.
Alasca e Oeste do Canadá se tornariam temperados.
Austrália Ocidental se tornaria planície verdejante.
A maior parte da Antártida ficaria temperado.
O Japão se tornaria um pouco mais fresco.
A China Oriental viria a ser mais fresco.
A Índia se tornaria fresco.
A America do Sul se tornaria consideravelmente mais quente.
No entanto, a Argentina se tornaria deserto sem vida.
O Sul da África iria se tornar deserto sem vida.
A Austrália Oriental se tornaria tundra polar.
A Inglaterra se tornaria ártico.
E a maior parte da Europa Ocidental se tornaria consideravelmente mais fria.
Recebi um e-mail afirmando que, por vários anos um grande número de pessoas ricas, tem se movido para o estado de Minnesota nos E.U.A. As elites tem se envolvido na construção de usinas e postos de etanol nesta região, para abastecer seus veículos, residências, comércios e indústrias. Mesmo que na atualidade, Minnesota tem clima muito gelado e hostil.
Um grande número de pessoas ricas tem investido os seus ativos mais valiosos de todos em Minnesota, as suas próprias famílias e a construção de novas infraestruturas neste lugar. Porque este grande número de pessoas ricas esperam que o Oeste de Canadá, relativamente próximo a cidade de Minneapolis, em Minnesota, se tornar muito mais habitável num futuro próximo. Eles esperam tirar vantagens do futuro clima do Oeste de Canadá, pela disponibilidade de recursos naturais descongelados, devido a proximidade do local para mudanças climáticas que está por vir.
Este ajuste órbital foi planejado em segredo à décadas pelas elites, porque esta mudança beneficiaria imensamente a ambos os lados – os E.U.A e a Rússia, Oriente Médio, Norte da África, Austrália e outras nações.
A mudança repentina da órbita terrestre vai provocar violentas mudanças climáticas, terremotos, inundações e tsunamis em todo o mundo, como exemplo temos a costa sudoeste dos E.U.A, onde as elites esperam que a classe mais baixa desta região, composto principalmente de imigrantes mexicanos e da america central se afoguem, antes que pudessem escapar da costa sudoeste dos E.U.A.
Quando a  Europa Ocidental e a Inglaterra se tornarem em gelo ártico, todas as pessoas mais ricas, mais organizadas e com mais recursos, passará para o Norte da África, Oriente Médio e Sibéria.
Na verdade, o plano das elites é provocar inundações e tsunamis para matar todos que vivem na região costeira de baixa altitude. O plano das elites em relação a grande parte da população mundial é deixá-los morrer em grandes terremotos, e deixar o resto dos sobreviventes morrer de fome, frio e seca, por não serem capazes de se deslocarem rápido o bastante de um lugar frio/deserto, pra um lugar mais habitável.
Eles calculam que as pessoas suficientemente inteligentes vão estar vivendo em segurança, quando ocorrerem estas mudanças, e que eles merecem viver.
Se você pensar sobre isso estratégicamente, tudo isso faz sentido para as elites genocidas que governam o nosso mundo. A Terra se tornaria muito mais fértil, com mais muito mais recursos naturais  e muito mais terras utilizáveis, além de reduzir drasticamente a população mundial.
Em novas regiões habitáveis, o novo clima será mais frio e úmido, o que incentiva um estilo de civilização mais desenvolvido.
Parece loucura, mas não podemos descartar estas hipóteses.


Reações:

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2012 - Uma mensagem de esperança