29 setembro 2010

ESSA É A DILMA QUE VC Não VÊ!!!!

Quem é ela?

Família classe A, com casa enorme, 3 empregadas e refeições servidas à francesa, com guarnições e talheres específicos. Tinham piano e professora particular de francês.

Dilma entrou primeiro numa escola de freiras - Colégio Sion - e, depois, no renomado Estadual Central.

Nas férias, iam de avião para Guarapari/ES e ficavam no Hotel Cassino Radium.

Dilma, ainda jovem, entrou para o POLOP - Política Operária - e depois mudou-se para o COLINA - Comando de Libertação Nacional.

Casou-se com Cláudio Galeno Linhares, especialista em fazer bombas com os pós e líquidos da farmácia de manipulação do seu pai.

Aos 21 anos, Dilma partiu para o RJ a fim de se esconder dos militares, após o frustrado assalto ao Banco da Lavoura de Sabará.

Com Carlos Franklin Paixão de Araújo, o chefe da dissidência do Partidão, Dilma participou da fusão COLINA/VPR (esta do Lamarca), que deu origem, em Mongaguá, à Vanguarda Armada Revolucionária-Palmares.

Foi em Mongaguá, litoral paulista, que se traçou o plano da "Grande Ação", que se deu em 18 de julho de 1969, com o assalto e roubo do cofre da casa da amante do Ademar de Barros, em Santa Teresa/RJ, que rendeu-lhes 2,5 milhões de dólares.

Dilma era chamada de "Joana D'Arc da subversão".

Então foi para São Paulo onde dividia um quarto com Maria Celeste Martins, hoje sua assessora imediata no Planalto.

Depois de vários ataques, foi presa, armada, em um bar da Rua Augusta.

Dilma saiu do presídio em 1973.

AGORA A PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR É A SEGUINTE:

No caso da srª Dilma ser eleita Presidente do Brasil, quem será a pessoa que irá aos Estados Unidos para a fala habitual na Assembléia Geral da ONU, ou para discutir com o presidente americano sobre questões de comércio, por exemplo? A Presidente não irá, com 100% de certeza!

Dilma Roussef foi condenada nos Estados Unidos pelo seqüestro do embaixador norte-americano, na década de 60 (Charles Elbrick) remember ? Juntamente com outras pessoas (por exemplo: Fernando Gabeira).

A pena é bem grande e não há como pensar em liberdade condicional. Lá o crime não prescreve !

A questão secundária é que isto vale para outros 11 países.

Nós temos uma solução ideal para resolver esta questão: não elegê-la presidente. Desta maneira ela poderá escolher lugares muito confortáveis para viver o resto da vida como, por exemplo, Havana, em Cuba, ou La Paz na Bolívia, o que resolverá vários problemas: os dela e os nossos.

Já pensou se ela resolve fazer uma visitinha àquele cara simpático e ultra democrático da Venezuela, o Huguinho Chávez e, de repente, uma tempestade no Caribe obriga o avião a descer em Miami, que fica ali perto. Imagine a encrenca monumental que nem o presidente americano vai poder desfazer?

Volto a perguntar: Quem vai representar o Brasil nas viagens internacionais aos Estados Unidos e aos 11 países onde ela pode ser presa no próprio aeroporto onde desembarcar?

Você percebeu que Ela não viaja com o Presidente, pelo mundo, pois, o mundo dela é muito pequeno, poucos países a receberiam, e muitos não a deixariam sair mais, é não seria por AMOR A ELA, MAS PARA FAZER O DEVIDO AJUSTE DE CONTAS COM A JUSTIÇA, QUE AQUI ELA TAMBÉM AINDA NÃO FEZ.


NÃO BASTA NÃO VOTAR NELA. É PRECISO QUE VOCE DIVULGUE QUEM É ELA, PARA QUE NENHUM DE TEUS

CONHECIDOS DÊ UM UNICO VOTO A ESTA CANDITADA A PRESIDÊNCIA DE NOSSO QUERIDO BRASIL.

Reações:

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2012 - Uma mensagem de esperança