12 dezembro 2011

O AMOR LIBERTA!


Havia uma comunidade de monges que definhavam por falta de vários adeptos.

Preocupado o superior, chamado de senhor abade, resolveu pedir conselho a um monge de outro mosteiro , que tinha fama de ser muito sábio. Depois de estar longo tempo com ele e de falar sobre o seu problema, o superior não ouviu do monge a receita que esperava para conseguir mais vocações.

Na hora de despedir-se, o abade perguntou:

Então que direi aos meus irmãos?"

"Diga simplesmente que Jesus Cristo esta entre eles",respondeu o monge.

O senhor abade ficou um tanto decepcionado, mas comunicou aos irmãos de sua comunidade o que havia acontecido, bem como a mensagem que o monge, tido por sábio lhe mandara.

Os monges ficaram tão perplexos quanto seu superior, mas começaram a questionar-se :

"Quem poderá ser Jesus Cristo entre nós?"

E depois de pensar em todos, acharam que nenhum poderia ser Jesus Cristo: o cozinheiro, porque procura fazer boa comida com o pouco que tinha; o alfaiate fazia proeza para vestir todos; o enfermeiro, porque curava suas doenças e tinha paciência com eles.

A partir de então, respeitando-se e amando-se como se todos fossem Jesus Cristo, a vida dos monges do velho e triste mosteiro mudou

radicalmente.

E a mudança começou a transparecer na limpeza do mosteiro, na beleza dos jardins e na simpatia dos monges.

Foi assim que muitas e muitas vocações começaram a surgir...

O amor é a maior fonte de energia.

Quando amamos suportamos a fome, a sede e o cansaço.

O caminho para o amor é a valorização do nosso próximo.

Todos nós possuímos dons e qualidades.

Só precisamos saber descobri-los.


Retirado do Livro: Eu e a Liberdade – de Natália Maccari



Reações:

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2012 - Uma mensagem de esperança